28/07/2014

Garota faz selfie em Auschwitz, antigo campo de concentração nazista, e sofre ameaças de morte

Comentário(s) via Facebook



A garota que gerou polêmica após fazer um selfie sorrindo no local onde funcionava o campo de concentração nazista de Auschwitz (Polônia) estaria recebendo ameaças de morte de internautas. 


Breanna Mitchell, de Alabama (EUA), disse ao "NY Daily News" que recebera mensagens assustadoras na web. 

"Uma pessoa me mandou uma mensagem dizendo que vai vir atrás de mim e me envenenar", disse. 

Assustada, a americana contou que foram feitas ainda montagens de fotos dela no desastre aéreo nas torres gêmeas do World Trade Center em Nova York (EUA) em 11 de setembro de 2001.

20 fatos que você não sabia sobre o templo da Igreja Universal

Comentário(s) via Facebook


Recentemente foi inaugurado o novo - e enorme - templo da Igreja Universal. O Templo de Salomão, construído na região do Brás, em São Paulo, é uma réplica do templo de mesmo nome descrito na Bíblia. 

Veja a seguir alguns detalhes sobre o novo Templo de Salomão:

1. O Templo foi construído em um terreno de 35 mil metros quadrados - o equivalente a 5 campos de futebol. 

2. O Templo de Salomão assume o posto de maior espaço religioso do país em área construída, que é 4 vezes maior do que o Santuário Nacional de Aparecida (SP). Aparecida tem 23,3 mil m² de área construída, enquanto o Templo Salomão tem 100 mil m².

3. A obra durou 4 anos e custou R$ 680 milhões.

27/02/2014

Bíblia de Martin Luther King é motivo de disputa entre seus filhos

Comentário(s) via Facebook


Uma Bíblia e um Prêmio Nobel da Paz: Martin Luther King provavelmente nunca imaginou que, mais de 45 anos após sua morte, seus filhos brigariam por objetos que são símbolos de sua luta pela defesa dos direitos civis.

Em um novo episódio de uma longa série de batalhas judiciais, a possível venda desses dois objetos icônicos de MLK divide seus três filhos e herdeiros: Bernice Albertine, Martin Luther King III e Dexter Scott.

No final de janeiro, os dois irmãos anunciaram a Berenice que pretendiam vender a Bíblia que seu pai sempre carregava, e o Prêmio Nobel da Paz, que recebeu em 1964.

Nos termos de um acordo firmado em 1995, os três têm direito de voto no que diz respeito à propriedade e à herança de MLK.

19/02/2014

Outdoor que exibe beijo gay envolvendo Jesus gera revolta de moradores

Comentário(s) via Facebook


A proliferação de imagens, seja na internet, na TV ou nas ruas, de beijos entre homossexuais, tem aumentado vertiginosamente, ganhando dia após dia, mais espaço na mídia. Uma corrente defende a exposição do ato, como forma de afirmação política de tal comportamento na sociedade, já outros membros da própria comunidade homossexual, defendem a discrição, como bandeira e não apreciam a superexposição dos atos íntimos dos casais.

Fato é que quando o tema homossexualidade é tratado com um suposto cunho religioso, geralmente, o tema conta com mais polêmica e nem sempre é ganhador de mensagens de apoio, como é observado em algumas manifestações mais discretas dos pares homossexuais.
A cidade baiana que ambientou um dos acontecimentos mais comentados dos últimos dias foi Vitória da Conquista. Um outdoor estendido na região, que apresenta o beijo de dois homens, sendo que em um deles existe uma referência direta à figura de Jesus - com cabelos longos e vestindo uma túnica-, teve como resposta concreta, uma depredação.

13/02/2014

Indiano com rabo de 37 centímetros é tido como deus encarnado

Comentário(s) via Facebook


Chandre Oraon, de 35 anos, é visto como a encarnação do deus-macaco hindu Hanuman. O motivo? Um rabo peludo de quase 37 centímetros que pende da base da coluna do indiano de Alipurduar. 

A devoção é grande. Muitos hindus viajam centenas de quilômetros para tocar o rabo de Chandre e, com isto, obter bênçãos em um templo improvisado. 

Quando não está ocupado com os devotos, Chandre trabalha colhendo folhas para chá em uma propriedade da região na oeste da Índia. 

04/02/2014

Garçonetes que reclamavam da vida recebem gorjeta de R$ 36 mil

Comentário(s) via Facebook



Três garçonetes estavam conversando durante o expediente em um restaurante em Caledonia (Illinois, EUA). Elas reclamavam das dificuldades para pagar suas contas e financiar os estudos. Foi aí que uma mulher, que estava sendo atendida por uma delas, resolveu ajudar. Ela deu uma gorjeta de US$ 15 mil (cerca de R$ 36 mil) para que as três - Amber Kariolich, Amy Sabani e Sarah Seckinger - dividissem e aliviassem suas finanças.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...