27 de nov de 2012

Os EUA estocam vírus que poderiam devastar o mundo


A varíola matou 300 milhões de pessoas no século 20 até ser erradicada com campanhas de vacinação. O último caso foi registrado em 1977, na Somália. 

Mas o micro-organismo por trás da doença, do gênero Orthopoxvirus, continua muito bem, obrigado. "A varíola ainda é uma ameaça para o mundo inteiro. Os EUA e a Rússia guardam estoques do vírus congelado desde a Guerra Fria", diz Steven Block, biofísico da Universidade de Stanford e um dos maiores especialistas mundiais em bioterrorismo. O arsenal americano é mantido no Centro para Controle e Prevenção de Doenças, em Atlanta. 


Uma eventual liberação do vírus, por acidente, terrorismo ou guerra, poderia ter consequências terríveis - porque a vacinação em massa contra varíola foi interrompida há mais de 30 anos (e também porque, para manter a eficácia, ela teria de ser reaplicada a cada 10 anos).

Os EUA também cultivam organismos ainda mais perigosos, como o vírus ebola e a bactéria Bacillus anthracis (antraz), ambos altamente letais.


Antrax
Ebola
O propósito oficial é desenvolver vacinas contra eles. Mas algo sempre pode dar errado. Em setembro de 2001, um terrorista obteve esporos de antraz - um pó branco, que ele enviou pelo correio para alguns políticos e jornalistas americanos, gerando pânico no país. Segundo uma investigação do FBI, o antraz usado nos ataques teria sido roubado de um laboratório do governo americano por Bruce Ivins, cientista que tinha acesso a esse material. Ivins acabou se suicidando em 2008.

Via Super

O que você achou?

4 comentários:

  1. Alô, sensacionalismo! Primeiro, o vírus da varíola é perigoso e mata, sim, mas o vírus da raiva, por exemplo, mata MUITO mais. A varíola está sob cuidados, e mesmo que "escape" e tenha sofrido mutações de modo que a vacina atual não seja capaz de detê-la, não demoraria muito para o desenvolvimento de uma nova vacina. Segundo, o ebola e o Bacillus anthracis estão por aí pra quem quiser pegar. É só ir buscá-los. Só sugiro estar preparado para manipular tais agentes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. qual o propósito dessa estocagem então? Acho totalmente desnecessário, independentemente do perigo ou da habilidade em se desenvolver vacinas.

      Excluir
  2. Esporos de uma bactéria... Vacina da varíola interrompida... Ninguém estudou biologia não?

    E claro, vamos destruir todas as cepas, porque quando uma variedade nova atacar, vc vai ter que correr atrás de comparação, mapeamento gênico e ainda assim não vai saber se não veio de algum laboratório... A ciência (algo que funciona, diferente do sensacionalismo) evolui a passos de gigante... E cada nova forma de aprender sobre o funcionamento desses agentes infecciosos no corpo humano abre portas até mesmo para doenças que não são causadas por elas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHA sei! Como o mundo é bom e a ciência é pura e todos somos inocentes! Vamos fazer de conta que não existem interesses políticos e econômicos e que a ciência evolui (a passos de "gigantes") pelo bem da humanidade! Também acredito em Papai Noel, Mula sem cabeça, Saci pererê....

      Excluir

Expresse sua opinião Livremente! Apenas considere que:

(1) Discutir não é problema, desde que seja feito de maneira educada, respeitosa e que considere o direito do outro divergir.
(2) Palavras de baixo calão ou textos ofensivos serão apagados pela moderação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...