4 de jan de 2013

Você sabe como Jejuar?


Quando pesquisamos linguisticamente sobre o jejum, já absorvemos o real significado da prática.
Jejum é uma palavra usada de várias formas quando alguém opta por diminuir sua dieta alimentícia o mais próximo possível de zero, atingindo a sua perfeição quando chega realmente a zero, por um período de tempo pré-determinado.

Biblicamente, definir o jejum não difere tanto das disposições supracitadas. Aliás, complementam-se. O principal conceito à luz da Bíblia sobre jejum é: abster-se de alimento físico por motivos espirituais. Pensando assim, é aceitável dizer que o jejum pode ser uma forma de o crente se preparar melhor para uma determinada situação já disposta ou não, sempre em caráter espiritual.

Nas Sagradas Escrituras encontramos o jejum abraçado à oração, porque entendemos que a pessoa que jejua também ora (e não o inverso).
Isso, na verdade, é óbvio (cf. Marcos 9.29). Contudo, o jejum pode ser definido também como "a oração sem palavras".


Para Kenneth Hagin O jejum não muda a Deus. Ele é o mesmo antes, durante e depois de seu jejum. Mas, jejuar mudará você. Vai lhe ajudar a manter-se mais suscetível ao Espírito de Deus. Vejamos então as formas de se jejuar:


1 - Jejum normal (Mateus 4.2; Lucas 4.2):


Este jejum é aquele que se abstém de todos os alimentos sólidos e líquidos, exceto água.

Jesus jejuou quarenta dias. A expressão "depois teve fome" indica supostamente que Ele absteve-se de alimento, mas não de água.

Podemos compreender com isso que abster-se de água por quarenta dias requer um milagre. Jesus sendo tentado no deserto estava simbolizando o homem carnal sofrendo na sua tentação. Logo, não poderia exemplificar essa situação aproveitando-se da sua natureza divina e empregando o milagre de suportar a ausência da água por tão longo período.

Contudo, nós vemos na Bíblia pessoas na presença de Deus há exatamente quarenta dias, sem comer nada nem beber água, mas precisamos entender que houve milagre divino em tal situação, porque estavam pessoalmente como Senhor (cf. Deuteronômio 9.9);

2 - Jejum absoluto (Ester 4.16):


Este jejum compreende aquele onde nem alimento sólido, nem líquidos e nem água fazem parte.

É o caso onde, biblicamente, não se aconselha ir além de três dias, pois até os médicos afirmam que o corpo humano sofre terrível desidratação sem água neste período.

No contexto de Ester, é convocado todos os judeus para um jejum coletivo sem alimentos e sem água, mas por um tempo de três dias apenas.
Caso semelhante vemos na experiência de Paulo (Atos 9.9).

Ultrapassando o período de três dias de jejum sem água é aceitável apenas sob intervenção sobrenatural, como na situação de Moisés que vimos anteriormente, por exemplo (cf. Êxodo 34.28).

De igual modo o caso de Elias, onde este recebe intervenção divina para suportar um longo caminho de quarenta dias sem água (I Reis 19.5-8).

3 - Jejum parcial (Daniel 10.3):



Este jejum encontra-se numa situação de parcialidade, onde se abstém apenas de algum alimento que seja desejável.

Lembra da definição linguística do início do estudo? ["quando alguém opta por diminuir sua dieta alimentícia o mais próximo de zero"].
Daniel fez isso, certa feita. Cortou da sua dieta "manjar desejável" ao seu paladar por três semanas.

Seguramente este tipo de jejum pode ser aplicado à pessoas que tem problemas de saúde na região do aparelho digestivo, por exemplo, ou por quem já tem avançada idade. Segundo pesquisadores, Daniel tinha cerca de 92 anos nessa época e por isso achou mais inteligente naqueles dias cortar apenas alguns itens da sua alimentação diária, ao invés de jejuar sem alimentos e água.

Convenhamos que o seu sofrimento em tirar da dieta apenas comidas saborosas equivale a alguém jovem e sadio como eu em abster-se de alimento sólido, líquido e água. 

Fonte: Jones de Lira

O que você achou?

1 comentários:

  1. temos dietas prontas para perder até 7 Kg em 14 dias
    visite www.sattvanatural.com.br CUIDAMOS DA SUA SAÚDE E BELEZA DESDE 1976

    não trabalhamos com remédios, não trabalhamos com suplementos, não trabalhamos com Shake, nossa dieta é alimentação e fazemos a mais de 30 anos criada por nutricionista e endocrinologista

    EMAGREÇA COMENDO, SÃO 28 REFEIÇÕES BEM SERVIDAS, TODAS DIFERENTES E VOCÊ NÃO PASSA FOME !

    A DIETA NATURAL RESTAURANTE SATTVA é rápida, são apenas duas semanas. Tem em média 1.000 calorias por dia e o cardápio é balanceado (vitaminas, proteínas e carbo-hidratos), na medida certa.

    A DIETA NATURAL RESTAURANTE SATTVA é para emagrecer e desintoxicar. Emagrece até 7 kg em 14 dias, quando está 7 kg ou mais acima do peso normal. É também recomendada para quem tem diabete e colesterol alto, porque não tem gordura nem açúcar. O cardápio é a base de laticínios, legumes e frutas; e você não passa fome.

    ResponderExcluir

Expresse sua opinião Livremente! Apenas considere que:

(1) Discutir não é problema, desde que seja feito de maneira educada, respeitosa e que considere o direito do outro divergir.
(2) Palavras de baixo calão ou textos ofensivos serão apagados pela moderação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...