25 de jun de 2013

Marco Feliciano posta vídeo esclarecendo: "Não tem nada de Cura Gay"


Nas redes sociais e também nas ruas o deputado Marco Feliciano (PSC-SP) tem sido criticado por conta do PDC 234/2011 chamado pejorativamente de “cura gay”. Para tentar explicar o projeto, que não é de sua autoria, e falar sobre sua atuação na Comissão de Direitos Humanos e Minorias, o deputado evangélico resolveu gravar um vídeo e mostrar tudo o que pensa sobre a proposta do deputado João Campos (PSDB-GO).


O vídeo começa exibindo diversas reportagens sobre o PDC 234/2011, mostrando que a mídia usou o termo errado, levando as pessoas a acreditarem que o projeto tentará curar homossexuais.


“Na verdade não tem nada de cura gay. Na verdade isso é uma mentira forjada por boa parte da imprensa e por ativistas. Isso é uma desonestidade intelectual”, disse Feliciano.

O deputado explica que João Campos foi procurado por diversos psicólogos que não aceitam a resolução do Conselho Federal de Psicologia, que não só impede o tratamento, como também as pesquisas relacionadas ao tema.

Outro ponto esclarecido por Feliciano foi a votação da proposta que só entrou na pauta por ser a única com relatoria pronta. “A Comissão de Direitos Humanos e Minorias sempre foi vazia, não tem projeto nenhum. Este projeto já estava na pauta há dois meses”, disse.

Em quase 20 minutos o deputado tenta explicar sua visão a respeito do projeto, dizendo que o homossexualismo não é doença e que, portanto, não pode ser curado. “Estão querendo me colocar de novo na mídia”, disse ele.

Confira o vídeo:


O que você achou?

1 comentários:

  1. o senhor critica a mídia por distorcer o projeto que o senhor defende e em parte até pode ser que o senhor tenha razão,mas o que leva muitos a serem contra é exatamente as atitudes fudamentalísta que o senhor bem como outros líderes evangélicos vem tendo. pois ao usar de palavras mau colocadas e de exemplos infelizes que o senhor tem dito no pulpito das igrejas bem como dos outros pastores é a causa de tanta indignação das pessoas e também da mídia.

    ResponderExcluir

Expresse sua opinião Livremente! Apenas considere que:

(1) Discutir não é problema, desde que seja feito de maneira educada, respeitosa e que considere o direito do outro divergir.
(2) Palavras de baixo calão ou textos ofensivos serão apagados pela moderação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...