3 de jan de 2014

Canal Porta dos Fundos é acusado de intolerância religiosa no Ministério Público

O texto define os vídeos do canal como uma “incitação à violência moral”

Uma campanha foi lançada na internet, nesta quinta-feira (2) para combater o que chama de “intolerância religiosa do Porta do Fundos”. Para os idealizadores da iniciativa, a produtora de vídeos Porta do Fundos promove a “intolerância religiosa e a ridicularização da fé Cristã”, no Especial de Natal publicado em seu canal do Youtube.

Marisa Lobo, filiada ao PSC, partido do deputado Marco Feliciano, e denominada como “psicóloga cristã”, assinou uma representação que foi protocolada junto ao Ministério Público.

“A iniciativa visa impedir que a citada produtora continue promovendo a intolerância religiosa, a indução de internautas à perseguição aos cristãos pela via da ridicularizarão induzindo a incitação à violência moral”, diz o texto.

O “Especial de Natal” tem 16 min e é dividido em quatro partes, onde a vida de Cristo é retratada. No documento outros vídeos do Porta dos Fundos são citados, como: “Adão”, “Demônio”, “Arca de Noé”, “Deus”, “Confessionário”, “10 Mandamentos”, “Exorcismo”, “Setor de RH – Jesus”, “Moda”.

Veja o Especial de Natal no vídeo abaixo:


O que você achou?

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse sua opinião Livremente! Apenas considere que:

(1) Discutir não é problema, desde que seja feito de maneira educada, respeitosa e que considere o direito do outro divergir.
(2) Palavras de baixo calão ou textos ofensivos serão apagados pela moderação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...