13 de jan de 2014

Cristão come perna de muçulmano: vingança pela morte de esposa e filha


A violência entre milícias cristãs e muçulmanas em Bangui, capital da República Centro-Africana, que vive uma grave convulsão social, chegou ao ápice de horror quando um cristão comeu a perna de um muçulmano, em vingança, segundo ele, pela morte da esposa, da filha e de uma cunhada. Eles atribuiu as mortes a grupos islâmicos.

A vítima foi retirada de um micro-ônibus por uma multidão de cristãos,esfaqueada e queimada vida (imagem acima). Em seguida, Ouandja Magloire, apelidado de Cachorro Louco, arrancou uma das pernas do homem e começou a devorá-la. 


De acordo o depoimento de Jean-Sylvestre Tchya, testemunha da cena de canibalismo, à agência France Presse, um cristão (não se sabe se foi Magloire) tirou um dos braços da vítima e o comeu com pão. Os cristãos acusam as milícias islâmicas Seleka, lideradas pelo general Abdel Kader Khalil, de matarem rivais "como galinhas".


"A cena fez as pessoas vomitarem, muitos choraram com o horror", comentou ele.

Não ficou claro se o homem morto teve relação com as mortes relatadas por Cachorro Louco.

Uma reportagem do "Sunday Telegraph" afirmou que esse caso de canibalismo não é isolado no país africano.

O país tem tradição com o canibalismo. Diz-se que o brutal ditador Bedel Bokassa, que governou a República Centro-Africana de 1966 a 1979, comia carne humana e chegava a oferecê-la a autoridades estrangeiras.

A onda de violência já matou cerca de mil pessoas. Cerca de 20% da população abandonaram suas casas. O país, de maioria cristã, era governado por um presidente muçulmano até a semana passada. Michel Djotodia havia chegado ao poder em março de 2013 com ajuda de milícias, mas garantiu que iria desmanter os grupos. Não conseguiu e decidiu renunciar.

O que você achou?

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse sua opinião Livremente! Apenas considere que:

(1) Discutir não é problema, desde que seja feito de maneira educada, respeitosa e que considere o direito do outro divergir.
(2) Palavras de baixo calão ou textos ofensivos serão apagados pela moderação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...